Eu juro que eu não sei usar a virgula, mas tentarei explicar da melhor maneira possível o que sinto por você, outro detalhe eu tambem não sei as novas regras da gramática, mas eu aprenderei até o fim do ano e quem sabe edite este texto com o fim de mostra-lo a você a primazia dessa língua que é tão complexa e linda.

Bem começando pelo assunto desde texto, ele não é uma carta se não eu teria que endereça-la a você, dizer quem você é, mas se eu e você sabemos bem que eu falo só de você quando eu escrevo, a ultima coisa que eu quero é dividir seu nome e meus afetos com o mundo, se alguém mas se identificar, quem sabe eu não acho o amor da minha vida fazendo um texto pra você, que é só minha musa. Engraçado não é, dizer que você é só minha musa, você é mais que isso, penso em você como a melhor coisa que aconteceu em minha vida, mas isso é assustador pra você, você se tivesse como me responder provavelmente diria: Sua vida é tão triste assim? Não, não é você que é especial mesmo.

Porque eu não tento algo mais? Eu sempre me pergunto isso, não tenho medo de estragar o que a gente tem, não tenho mesmo, mas eu tenho uma crença grande de que você é melhor, você chegou longe, e onde até agora eu errei você tem acertado, seguido seu caminho mesmo com a imensa vontade de voltar atrás, você é linda, tem as definições certas e um padrão de beleza só seu, um sorriso só seu, e um olhar, lembra até fiz uma musica sobre ele, tenho medo de tentar, sim eu que não me arrependo de nada, tenho medo de me arrepender, e não te ter mais, se eu tentasse como ia ser? Ou não ia ser? Não dá para saber, falar de mim é chato eu quero dividir com as outras pessoas o que você é, e não o que eu sou, por aqui as pessoas já me conhecem de mais, conseguem me conhecer até melhor que eu.

É o mundo, eu giro sempre nesse circulo, estava tentando escrever um texto antes deste, mas ai eu lembrei, não falei com você, não é vicio não, é simplesmente que quando converso com você eu solto este excessos, que por exemplo você vê nesse texto, então decidi simplesmente escrever, espancar o teclado e colocar em linhas o que eu queria falar. Não tem lógica o texto, e você inteligente que é, deve já ter se cansado de ler nesta linha, que é a ultima eu prometo, mas como todas as outras é necessária, eu te amo, é estranho pensar que se ama alguém de verdade, e ainda admitir que não se idealiza, nós já brigamos, pela minha falta de atenção, ou pela minha falta de fé, mas nesses dois lados já brigamos, e não tenho medo de quem você é, meu maior medo mesmo é saber como eu sou, e você sabe? Acho que sim, por isso me admira que você ainda ache em minha palavras algum sentido, mas bem este foi exatamente o seu texto, pra você, um dia eu escrevo um melhor eu prometo, você odeia promessas e por isso decidi fazer três nesse parágrafo mais longo, mas ainda assim o ultimo, eu queria voltar para aquele dia de chuva, eu estava mais feliz naqueles momentos, me pergunto se seria todo dia assim, provavelmente não, mas ainda assim se um em cada 365, 730 dias fosse como aquele, ainda assim valeria apena viver não junto, mas perto de você, porque eu não te quero minha, eu te quero perto, quero todo dia escutar tua voz, e todo tempo sentir seu olhar. E ai como eu faço? Ou não faço?

Anúncios